Início » Como dar os primeiros passos nos negócios

Como dar os primeiros passos nos negócios

Ao dar os primeiros passos nos negócios, você deve se familiarizar com todas as oportunidades disponíveis no mercado. Uma abordagem profissional e uma preparação confiável definitivamente facilitarão o caminho para o sucesso. Também vale a pena descobrir quais problemas os empreendedores enfrentam com mais frequência. Para esse fim, você pode usar o conhecimento e as dicas de especialistas.

Um negócio bem planejado e meticulosamente planejado tem uma chance muito maior de sucesso do que uma empresa estabelecida espontaneamente. Você precisa se preparar para iniciar seu próprio negócio.

Entrevista

Clica na imagem e inicie sua entrevista.

Uma boa ideia é metade da batalha

Os primeiros passos nos negócios são, acima de tudo, uma boa ideia. Antes de iniciar um negócio, vale a pena pensar no que os consumidores realmente precisam na vida cotidiana e sem os quais será difícil para eles ficarem sem. Eles podem ser bens ou serviços que eles terão prazer em usar. Soluções inovadoras têm potencial e oferecem muito mais oportunidades de desenvolvimento do que ideias de negócios antigas e repetidas repetidamente. Um dispositivo que apareceu recentemente no mercado brasileiro. Graças a esta máquina fácil de usar, a fazenda aumentou significativamente suas vendas de leite. A ideia era simples – dar leite fresco aos habitantes de uma cidade grande. Como? Colocar uma máquina de venda automática no centro da aglomeração, da qual todos podem derramar leite fresco direto da vaca. Claro, por uma taxa.

Ao duplicar uma ideia de negócio existente no mercado, os primeiros passos nos negócios serão mais fáceis, mas você precisará levar em consideração a concorrência. Romper com centenas de empresas semelhantes é extremamente difícil e demorado. Também aumenta significativamente os custos no período inicial da operação da empresa. Portanto, antes de iniciar seu próprio negócio, vale a pena analisar minuciosamente o mercado e encontrar um nicho que possa ser desenvolvido.

Primeiros passos nos negócios – criando um plano de negócios

A primeira e básica coisa se você deseja fazer negócios é elaborar um plano de negócios. Nada mais é do que uma especificação escrita das expectativas do futuro empreendedor, planejando a empresa passo a passo. Esse projeto também é um requisito necessário em instituições onde é possível obter financiamento – secretaria municipal, secretaria do trabalho, banco. Não deve ser tratado como um requisito puramente formal. Nenhum plano de ação é um caminho simples para o fracasso empresarial.

Um bom plano de negócios deve conter as informações necessárias, como:

Como a empresa prosperará (por exemplo, vendas on-line, distribuição),

Em que mercado operará – análise da indústria e da concorrência,

Quantos funcionários terão

Como novos contratados serão adquiridos,

A qual grupo de consumidores e destinatários a oferta será direcionada,

Como a empresa será promovida,

Qual posição de mercado a empresa deve assumir no primeiro ano, segundo, terceiro e anos subsequentes,

Quais serão as fontes de financiamento da empresa (por exemplo, poupança, empréstimos, créditos, subsídios)

O que a empresa ganhará e quanto,

Depois de que horas a empresa começará a gerar lucros,

Em que princípios a contabilidade será conduzida.

Ao preparar um plano de negócios, você não deve esquecer a maneira como vende bens ou serviços e a política de preços da empresa. Um plano de ação preciso facilita muito o gerenciamento eficiente da empresa.

Grupo alvo

Os primeiros passos nos negócios são um bom reconhecimento de seus futuros destinatários. Ele também deve conhecer suas necessidades e possibilidades financeiras. Graças a isso, seus produtos ou serviços serão muito mais competitivos.

Exemplo: uma loja de roupas para jovens

Grupo alvo: meninas e meninos de 13 a 19 anos,

Necessidades: aparência elegante, marcas conhecidas, as últimas coleções para jovens, roupas exclusivas, vontade de se destacar da multidão,

Possibilidades financeiras: sem renda própria ou recursos limitados, valores monetários definidos pelos pais, possibilidades financeiras médias.

Também vale lembrar que, dependendo da idade dos destinatários, suas necessidades diferem. Uma mulher de 60 anos de idade não quer necessariamente vestir shorts curtos e sapatos de salto altos. Portanto, é importante definir critérios adicionais que determinem, por exemplo, as preferências do cliente.

Supervisionar despesas e soluções benéficas são apenas os primeiros passos nos negócios

O maior problema quando se trata de montar um negócio parece ser dinheiro. Iniciar um negócio é o momento em que um empreendedor procura capital. Se ele não estiver no banco (sem credibilidade), ele usa seus próprios fundos ou empresta sua família. A última maneira de arrecadar dinheiro é mais benéfica para um empreendedor iniciante. Você não precisa pagar, às vezes juros horrendos e medo de perder sua propriedade.

Ao iniciar um negócio, você deve ir ao escritório de emprego. Existem muitas formas de suporte para pequenas empresas. Desde benefícios únicos para a compra de equipamentos para uma empresa, até financiamento para criação de novos empregos e consultoria econômica o final. Você também pode tirar proveito dos subsídios que apoiam o empreendedorismo brasileiro ou simplesmente ir a empresas especializadas envolvidas profissionalmente em consultoria de negócios. Lá você pode obter todas as informações extremamente úteis ao dar os primeiros passos no empreendedorismo. Segundo uma pesquisa, cerca de 60% caem no primeiro ano de negócios. Outros 40% nos próximos dois anos. Isso prova que o capital para iniciar e operar a empresa, nos primeiros anos de sua existência, é extremamente importante e requer cuidadosa reflexão.

Dinheiro para comprar mercadorias não é tudo. Os empresários iniciantes enfrentarão muitos riscos associados à perda de liquidez. Estes incluem os chamados “Maldição da fatura não paga”. Está relacionado à fatura não paga pelo contratado pelo serviço ou venda das mercadorias, da qual o IPVA deve ser pago. Dessa forma, a perda é dupla. Além de ser um destinatário desonesto em atraso com pagamentos, você também deve adicionar a essa transação pagando a taxa devida ao cofre. Você precisa se proteger financeiramente para essa eventualidade. É bom ter algum dinheiro reservado, para que você não precise emprestar mais. Você também pode usar os serviços de empresas especializadas na cobrança e pagamento de recebíveis de faturas vencidas.

Os primeiros passos nos negócios envolvem despesas consideráveis. Portanto, a próxima questão é minimizar os custos associados ao funcionamento da empresa. Vale a pena usar formas alternativas mais baratas de gerenciamento eficiente. Especialmente porque o mercado atual oferece aos empreendedores toda uma gama de soluções convenientes. Eles incluem contabilidade on-line, programas de computador especializados adaptados às necessidades individuais do cliente ou análise financeira on-line da empresa. O último serviço é extremamente útil para pessoas que estão apenas dando os primeiros passos nos negócios, quando sua capacidade de analisar e usar dados financeiros ainda não foi desenvolvida. Ao procurar dinheiro para iniciar uma empresa, definitivamente vale a pena aproveitar o financiamento. Tanto as instituições como os municípios, municípios e escritórios de trabalho têm a oportunidade de apoiar jovens empresários. O dinheiro dessas instituições é considerável, pois chega a 50 mil. Para obtê-los, você precisa convencer os funcionários de sua ideia. É para isso que serve o plano de negócios. Quanto melhor escrito, maiores as chances de subsídios.

Luiza Alvarenga

Voltar ao topo
error: Content is protected !!